admin September 22, 2020

Projeto Natick: Microsoft cria data center subaquático
Projeto Natick: Microsoft cria data center subaquático 21 Setembro, 2020 0 Por Sandro Sotto As infra-estruturas necessárias para melhor servir as necessidades dos utilizadores de entretenimento online, e de trabalho remoto, cada vez mais essenciais com a epidemia em torno do coronavírus, devem evoluir e melhorar sem cessar.


Microsoft traz à tona data center subaquático na Escócia
A Microsoft retirou o seu segundo data center subaquático do mar da Escócia. A empresa de tecnologia instalou o dispositivo a 35,6 metros de profundidade em 2018. A embarcação, batizada de Projeto Natick, foi projetada com sistemas de refrigeração e movida a energia renovável.


Microsoft retira data center do fundo do mar após dois …
A equipe do Projeto Natick da Microsoft provou que o conceito de data center subaquático era viável durante uma implantação de 105 dias no Oceano Pacífico em 2015. A Fase II do projeto incluiu a contratação de especialistas marítimos em logística, construção naval e energia renovável para mostrar que o conceito também é prático.


Projeto Natick da Microsoft: um datacenter subaquático na …
Este data center deve funcionar por cinco anos sem manutenção. Com este projeto Natick lançado em 2014, o gigante dos EUA explica que quer determinar a viabilidade econômica de tal conceito antes de considerar uma implantação operacional.


Projeto Natick: Data Centers Subaquáticos Planeta – Moco …
Projeto Natick: Data Centers Subaquáticos. A ideia maluca da Microsoft de esfriar os data centers de graça. Crédito de imagem: MCKIBILLO via IEEE . Para aproveitar o ar fresco disponível gratuitamente, vimos o Google abrir um data center na Finlândia e o Facebook abrir um data center em uma cidade sueca perto do Círculo Polar Ártico …


Após dois anos, datacenter do Projeto Natick é recuperado …
O Projeto Natick, o projeto de pesquisa da Microsoft para determinar a viabilidade de datacenters subaquáticos alimentados por energia renovável offshore, teve início em 2018. Hoje, dia 14 de setembro, a Microsoft divulgou em seu blog os benefícios de datacenters subaquáticos que a pesquisa demonstrou.. A equipe formulou a hipótese de que um contêiner lacrado no fundo do oceano poderia …


Servidores em data center subaquático da Microsoft são …
A Microsoft detalhou nesta segunda-feira (14) em uma postagem de blog, como a empresa recuperou seu data center subaquático, implantado a 37 metros de profundidade no fundo do mar, nas Ilhas Orkney, na Escócia. O pod continha 864 servidores junto com a infraestrutura de sistema de resfriamento relacionada. De acordo com a empresa, o data center subaquático, implantado em 2018, provou que o …


Microsoft traz à superfície seu datacenter subaquático
A Microsoft experimentou a ideia de submergir um datacenter debaixo d’água como parte do Projeto Natick. Imagem: Microsoft. Em junho de 2018, a Microsoft lançou o Project Natick: um tubo de aço de 12 metros submerso a 37 metros de profundidade no fundo do mar na Escócia.


Microsoft afundou um data center em 2018. Agora, revela o …
O Projeto Natick também provou que o data center pode ser recuperado num estado bastante imaculado. “Ficámos muito impressionados com o quão limpo estava na verdade”, disse Spencer Fowers , um dos principais membros da equipa técnica do grupo de pesquisa de Projetos Especiais da Microsoft, em comunicado .


A Microsoft considera datacenters subaquáticos confiáveis …
A equipe do Project Natick da Microsoft implantou o datacenter no fundo do mar na costa das Ilhas Órcades, na Escócia, onde operou por dois anos. Foto de Jonathan Banks. 6 de 14: Membros da equipe do Projeto Natick Power Wash do datacenter subaquático das Ilhas do Norte, que foi recuperado do fundo do mar nas Ilhas Órcades, na Escócia.
Topdon Car Battery Tester